ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E LOGÍSTICA – COMO SE FAZ?

Tempo de leitura: 4 minutos

No último artigo sobre Supply Chain (clique aqui para ler) nós abordamos sobre a importância de uma empresa realizar o controle de seus estoques através de uma estruturada cadeia de suprimentos.

No artigo, demonstramos que existem modelos que dão preferência ao controle rigoroso de estoques de materiais somente os adquirindo com a entrada de pedidos, evitando assim o acúmulo desnecessário de estoque. Demonstramos também o modelo de consórcio modular, o qual a empresa trabalha em parceria junto com seus fornecedores para que estes atendam sua demanda de forma rápida e ágil.

No artigo de hoje, que serve como complemento ao de Supply Chain, abordaremos qual a importância da área de Administração de materiais sendo ela um braço da cadeia de suprimentos das empresas. Vamos ao tema.




 

Compra, armazena e vende.

A área de administração de materiais de uma empresa possui grande influência em dois pontos cruciais para o seu sucesso:

1º) Logística

2º) Custos

Mas afinal, você saberia me responder como ela afeta estas duas áreas ao mesmo tempo?

Simples! A administração de materiais é responsável por gerir todos os processos que envolvem desde a compra de matéria-prima (MP) para a produção de um bem, como sua armazenagem, destinação às demais áreas de uma companhia e por fim ao fato dela chegar ao cliente.

Também quando dizemos que ela atinge as áreas de logística e custos estamos nos referindo ao fato de que o processo produtivo de uma empresa se inicia na administração de materiais com a aquisição de MP ao menor valor possível e com a otimização de seu recebimento (logística).

Na administração de materiais também interagimos com a parte de estoques, uma vez que ela é responsável por administrar os materiais disponíveis da companhia a fim de não equivocar-se e comprar mais materiais do que devia ou então comprar materiais em duplicidade.

Em resumo, a administração de materiais é responsável pelos pontos:

  • Controle: realiza-se o controle de estoques a fim de averiguar a necessidade de compra de novos materiais. 
  • Armazenagem: atenta-se ao correto manuseio e conservação dos materiais adquiridos a fim de evitar perdas ou extravios, acarretando em gastos desnecessários. 
  • Distribuição: responsável pela saída de materiais e produtos acabados, a administração de materiais realiza o controle dos itens que saem da empresa e vão ao cliente.

Sendo assim, a administração de materiais tem por finalidade o controle do abastecimento e de saída de todos os bens materiais da empresa, sejam itens que componham a fabricação do produto ou ainda os próprios produtos finalizados e pronto para serem comercializados.

A área de administração de materiais deve estar em sintonia com as demais áreas da empresa, destacando-se a área de compras, a área de vendas e a de produção.




 

Sistemas e ferramentas

É possível encontrar à disposição dos administradores ferramentas que auxiliem e otimizem o serviço de acompanhamento da entrada e saída de materiais. Dentre os principais modelos utilizados no mercado, destacamos alguns:

a) ERP (Enterprise Resources Planning): do inglês, planejamento dos recursos da empresa. Os ERPs são muito comuns hoje nas empresas e a maioria dos funcionários estão acostumados a sua utilização. Nele é possível averiguar níveis de estoques, pedidos de compra aos fornecedores, pedidos de vendas a clientes e muito mais.

b) MRP (Material Requirement Planning): do inglês, planejamento de requisição de materiais. Com este sistema é possível acompanhar a demanda e planejar quais serão as reposições de materiais necessárias frente às solicitações da área de produção, que atendem aos pedidos dos clientes.

c) WMS (Warehouse Management System): do inglês, Sistema de gestão de estoques (armazéns). Utilizado para acompanhar as movimentações de entrada e saída de materiais.

d) TMS (Transportation Management System): do inglês, Sistema de gestão de transportes. Responsável por toda a parte de distribuição da empresa, seja interna ou externa, verificando a origem e destino de todos os materiais.

Com a utilização destas ferramentas e funcionários aptos a manuseá-las de forma correta, sua empresa com toda certeza atingirá excelência no controle de seus materiais, evitando assim custos e despesas desnecessárias trazendo maior precisão à sua produção e maior rentabilidade!

Se gostou, não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

Deixe uma resposta